apresentação de tango

FOTO: Apresentação de tango
Fonte: Acervo Pessoal

A dança Tango é um elemento popular em atividades artísticas relacionadas com dança ou expressão corporal, isso pelo efeito dramático e pela grande capacidade de improvisação no eterno tema do amor. A coreografia é complexa e as habilidades dos bailarinos são reconhecidas por seus admiradores. O tango mistura o drama, a paixão, a sexualidade, a agressividade e muitas vezes tristeza, o que o torna uma dança muito expressiva. O tango foi considerado um Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura[1] em 30 de setembro de 2009, em Dubai. Existiu também o tango brasileiro, muito em voga no início do século vinte no Rio de Janeiro.

dançarinos de tango

FOTO: Dançarinos de tango em Buenos Aires
Fonte: Wikipedia (Carlos Luque)

O tango é dançado normalmente em linha, numa posição cerrada, com um contra peso, peito com peito. A dança consiste numa variedade de estilos como o Tango Canyengue e o Tango Orillero. No entanto, a maioria destes estilos já não se dançam mais e fazem parte da evolução do conhecido Tango Argentino. Atualmente, o Tango Argentino consiste em: Tango de Salão, Tango Milonguero, Nuevo Tango, Show Tango ou Tango Fantasia.

Os dançarinos de Tango Argentino também praticam duas outras danças relacionadas: Vals (uma variante da valsa) e a Milonga, que trata-se de um tango, digamos, mais animado. As festas de tango são também chamadas de Milonga.

Fonte: Wikipedia